Após o grande sucesso de O Esquadrão Suicida, do diretor James Gunn, a HBO Max lançou a serie spin-off de O Pacificado trazendo a tona personagens do terceiro, e até mesmo quarto escalão da DC Comics. Com isso fomos apresentados a uma nova versão do personagem Dragão Branco, que originalmente foi criado por John Ostrander e Luke McDonnell, estreando em Suicide Squad #4 (agosto de 1987), como um personagem polêmico que se você provavelmente não conhecia, mas vai conhecer agora.

Nos quadrinhos o nome Dragão Branco (White Dragon) foi usado por mais de um personagem, o original foi William Heller, mas o nome foi posteriormente retomado por seu sucessor Daniel Ducannon e logo após por Chop-Chop.

  • WILLIAM HELLER

Heller nasceu rico e tinha poucos amigos, era apenas familiarizado com o jovem Floyd Lawton (Pistoleiro), quando os pais de Heller foram mortos, durante um motim racial, ele foi morar com seu avô e passou a ter ideais racistas. Ele acabou usando sua herança para financiar grupos de supremacia branca antes de fundar sua própria organização chamada Império Ariano.

Para promover seus objetivos, ele adotou o nome de William Hell (Inferno) e se tornou um vigilante mascarado, no caso ele entregaria criminosos negros, latinos ou asiáticos à polícia enquanto enviava os brancos para a sede do Império Ariano mais próxima. A Orquídea Negra (Black Orchid) vigiou o homem e o Esquadrão Suicida foi enviado para derrubá-lo. O Pistoleiro disfarçou-se de William Hell em uma reunião do Império Ariano, e ao subir ao pódio, Lawton fez um discurso não racial positivo para os membros do Império Ariano e manifestantes negros.

Heller apareceu fantasiado e declarou-se o verdadeiro William Hell e para determinar quem era o verdadeiro os dois se revezaram na tentativa de acertar uma maçã na cabeça do Capitão Bumerangue. O tiro de Heller acertou seu alvo, mas o Esquadrão usou a máquina do tempo de Chronos para mudar o curso do tiro e fazê-lo errar. O Pistoleiro então desmascarou Heller e arruinou sua reputação.

Heller reapareceu mais tarde, trajado com uma armadura e com o nome de Dragão Branco (White Dragon)além de se juntar ao Quarto Reich em uma tentativa de exterminar os descendentes da Sociedade da Justiça original, porém, foi derrotado e encarcerado pelo Gavião Negro.

  • ESQUADRÃO SUICIDA (HQ)

Tempos depois, o Dragão Branco foi recrutado pelo Esquadrão Suicida, mas desde o início se rebelou contra Amanda Waller e até chegou ao ponto de quase matá-la durante um exercício de treinamento, mas falhou ao ter sua armadura eletrocutada para garantir sua obediência a Waller e à Força-Tarefa X. O Dragão Branco ficou do lado do General (Wade Eiling) quando ele tentou derrubar Waller e matar o resto do Esquadrão. Enquanto os dois grupos se envolviam, Twister usou seus poderes de ilusão para deter Heller.

Enquanto isso, o General lutava contra o Multiplex e um duploid lançado pousou em Twister, o que quebrou sua concentração. Isso deu ao Dragão Branco a abertura de que precisava para incinerar Twister. No entanto, a morte de Twister enfureceu sua amiga Plastique, a qual violentamente atacou Heller. Ela abriu um buraco em sua máscara, o que permitiu com que criasse uma explosão dentro da armadura de Heller e assim o matasse instantaneamente.

  • DANIEL DUCANNON

Daniel Ducannon foi o primeiro meta-humano a trajar as cores branco e vermelho do personagem. Diferente de Wiliam Heller, Ducannon possui poderes de pirocinese, ou seja, ele consegue controlar o fogo, além de conseguir voar, o que o deixa ainda mais letal que seu antecessor.

Daniel era um exímio manipulador, conseguindo se comunicar muito bem na construção da imagem irreal de herói que o povo precisava. Em um acesso de loucura em Chicago, o vilão incendiou diversos bairros pobres com pessoas negras, algo que chamou a atenção da Sociedade da Justiça da América. Com isso a Mulher Gavião conseguiu desmascará-lo em um combate, derrotando o vilão e acabando de vez com o rastro de trevas deixado por ele.

  • PODERES E HABILIDADES

Heller possui uma pontaria excelente. É um exímio atirador e combatente de corpo, sem possuir, no entanto, habilidades meta-humanas.

  • Outras Midias
Imagem: Reprodução / HBO Max

Em sua nova versão o personagem é o pai do Pacificador, na série homônima do diretor James Gunn, que misturou dois personagens para criar o Dragão Branco na série

Nos quadrinhos, o pai de Christopher Smith (Pacificador), é Wolfgang Schmidt, que foi um comandante nazista na Polônia durante a Segunda Guerra Mundial. Até certo ponto, os impulsos violentos do Pacificador para neutralizar as forças do mal decorrem de seu próprio ódio e vergonha pelo pai.

Já na série da HBO Max, que é um spin-off de O Esquadrão Suicida, o pai de Christopher Smith é Auggie Smith (Robert Patrick) e foi apresentado em O Pacificador – episódio 1, “A Whole New Whirled”, quando Peacemaker (John Cena) vai buscar seu ajudante, Eagly, da casa de seu pai. Auggie é desdenhoso e racista e fornece ao Pacificador um novo capacete esperando que ele o use para matar “comunistas.” Já no segundo episódio as manipulações da equipe Argus levam Auggie a prisão pelas ações do Pacificador e uma vez na prisão, ele é revelado como o Dragão Branco por um grupo de supremacistas brancos que se dedicam a ele.

A série O Pacificador está disponível no HBO Max.


Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

CONHEÇA NOSSO PODCAST

NãoSeiNada Podcast é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os temas mais diversos do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop.