Crítica – Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Mais um filme de Homem-Aranha reformulado chega aos cinemas, mas agora com a Marvel/Sony trazendo o herói para o universo dos Vingadores. Um aranha mais novo, com muito humor e referências a todo o MCU que já conhecemos, sem a grande explicação sobre como Peter ganhou os poderes e com Tom Holland muito bem no papel do Amigo da Vizinhança.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar realmente traz o que o “Clube dos Cinco” e “Curtindo a Vida Adoidado” tem de melhor, aquela vontade de estar com aqueles personagens e fazer parte de seu mundo, além, é claro, de ter super poderes e ser um herói da Marvel. Durante todo o filme você quer ver os adolescentes no colégio e ao mesmo tempo quer ver o Peter Parker atrapalhado e nerd como todos os fãs dos quadrinhos do aranha
gostam de ver, a fórmula Marvel de se fazer filmes de herói realmente tem a “cara” do Homem-Aranha e nada melhor do que ver esse herói tão querido integrado com esse espirito Disney de ser.

Tom Holland foi o melhor “acaso” na vida da Marvel/Sony, já que no início de 2015 havia sido revelado que Asa Butterfield seria Peter Parker, mas mudaram sabiamente para Tom, que realmente é o melhor Peter até agora. Utilizando da mesma fórmula com que fizeram com Robert Downey Jr. (Tony Stark) durante sua preparação para ser o Homem de Ferro, Tom Holland parece vivenciar Peter o tempo todo, o que faz com que ele seja a personificação do personagem.

O filme segue a mesma a marca dos filmes Marvel e infelizmente não conta com uma trilha sonora marcante e nem apresenta diálogos icônicos, mas acerta no tom e deixa o filme fluido fazendo com que quem assiste tenha vontade de ver mais.

O vilão Abutre (Michael Keaton) é um dos acertos, e vale lembrar que vilões não são o forte da Marvel, mas Keaton está muito bem e o Abutre conta com uma motivação humana que torna o super vilão interessante e ameaçador.

Os coadjuvantes interagem bem com Peter e Tony Stark não tem tanto destaque, mas é integrado de maneira inteligente, os fãs das HQs vão adorar o filme e aqueles que são fãs do MCU também vão sair felizes, com vontade de ver mais.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar vale o ingresso e apresenta o melhor dos Homens-Aranha anteriores com novidades que são interessantes e divertidas. Fique até o final, pois o filme possui 2 cenas pós-créditos e MJ está lá renovada e muito bem representada.

Obs: Senti falta do “Com grandes poderes, vem grades Responsabilidades”

Nota: classificacao-positiva


Confira nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

NãoSeiNadaCAST é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os assuntos mais sérios do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop e que podemos discutir com opiniões diferentes mas sempre se entendendo e rindo muito.

2 thoughts on “Crítica – Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Deixe uma resposta

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
%d blogueiros gostam disto: