Shazam! | Crítica

Shazam! é o próximo personagem a ganhar uma origem no cinema, com um filme simples e divertido, que respeita a história do herói da DC Comics enquanto debate os valores da família na vida do novo “Campeão” do mago Shazam.

Shazam! começa apresentando a motivação do vilão Dr. Silvana, o que já nos deixa com uma visão clara de que o antagonista tem um grande peso para a origem do herói, com o drama de Silvana e sua família problemática sendo o contra ponto a todo momento no longa.

O roteiro é simples, mas se mantém muito bem amarrado e sempre com justificativas apresentadas em algum momento no filme. O longa não retrata apenas um herói conhecendo seus poderes, já que aborda também a responsabilidade que se tem em carregar os poderes, além é claro da importância de uma família na vida dos personagens.

Billy Batson (Asher Angel) tenta se encontrar em um novo lar adotivo onde se depara com uma família que o acolhe e o aceita como ele é, fato que influencia suas ações quando se transforma em Shazam (Zachary Levi), enquanto o contrário acontece com Silvana. Essa é a real mensagem do filme, que mesmo com todo o peso de sua trama principal apresenta também cenas hilárias para descontrair.


A interação de Shazam (Zachary Levi) com Freddy Freeman (Jack Dylan Grazer) é incrível, sendo o ponto alto do filme.  Freddy é aquele que sabe tudo sobre a vida dos heróis e vilões enquanto Shazam é o “orelha” que aprende junto com o público o verdadeiro valor de ser um super-herói. O filme conta com muitas surpresas, já que por incrível que pareça quase nada foi mostrado nos trailers e vídeos de divulgação, o que vai fazer com que a diversão aumente.

Shazam! é sem sombra de dúvida o filme que mais representa os heróis da editora DC Comics, os Deuses que andam entre os humanos e são respeitados e adorados por isso. Confesso que gosto muito das adaptações que mostram um lado sombrio desses heróis, mas Shazam não é sombrio, mas sim uma criança em um corpo de adulto. O diretor David F. Sandberg soube transparecer isso na tela, deixando todos na sala de cinema mais leves e felizes, vendo um herói que merece todo o respeito com que foi tratado.

Shazam! Vale o ingresso e vale ser assistido sem saber nenhum spoiler (fique até o final já que o loga tem 2 CENAS PÓS-CRÉDITOS). O filme estreia dia 4 de abril nos cinemas.

Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

1 thought on “Shazam! | Crítica

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: