Três Anúncios para um Crime – Crítica

Todos precisam ir ao cinema e assistir Três Anúncios para um Crime, pois esse é um daqueles filmes que vão te fazer odiar, amar, chorar, sorrir e ficar com dúvida, no final Você não sabe se ama ou odeia a protagonista Mildred Hayes, interpretada magistralmente por Frances McDormand, e você sente a mesma dúvida dessa mulher forte e decidida.

Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes (Frances McDormand) decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. A inesperada atitude repercute em toda a cidade e suas consequências afetam várias pessoas, especialmente a própria Mildred e o Delegado Willoughby (Woody Harrelson), responsável pela investigação.

Parece algo bem simples se visto na sinopse, mas Três Anúncios para um Crime consegue trazer a tona todos os sentimentos vivenciados por  Mildred Hayes (Frances McDormand) e as pessoas que a cercam, até mesmo os policiais envolvidos na investigação da morte de sua filha. Graças ao elenco que se entrega de corpo e alma em todas as cenas é possível ver que todos ali estão em seus melhores papéis desde Frances McDormand que tem a maioria do tempo de tela até Peter Dinklage (James) que aparece em alguns momentos.

A força do elenco e a profundidade dos personagens é vista durante todo o arco dramático do policial Jason Dixon (Sam Rockwell) que vai do cômico ao dramático durante todo o tempo, com muitas viradas e surpresas durante o filme. Três frases em outdoors fazem o filme girar de uma maneira fascinante, essas três frases nos mostram quem é  Mildred Hayes (Frances McDormand) e mostram perfeitamente o arco da personagem que no primeiro momento nos deixa comovido, logo depois queremos que ela vença essa “corrida” e ache os culpados e depois de repente estamos diante de algo que não sabemos se é certo ou errado.

Três Anuncios para um Crime é um daqueles filmes que nos faz pensar na nossa realidade, em uma realidade que está longe, mas perto ao mesmo tempo, e tudo acontece de maneira forte e tempestuosa onde nada no longa é certo e tudo te deixa pensativo e com mais de um ponto de vista. Realmente vale o ingresso e com certeza é um dos favoritos a ganhar o Oscar de melhor filme.

Nota: classificacao-positiva

Três Anúncios para um Crime conta com a direção de Martin McDonagh e estreia dia 15 de fevereiro nos cinemas.


Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

 

Anúncios

2 thoughts on “Três Anúncios para um Crime – Crítica

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: