Melhores filmes Nerds de 2016

Não achamos 2016 o ano mais nerd no cinema, mas foram lançados muitos filmes que nós estávamos esperando e alguns deles nos deixaram muito felizes e realmente nos fez lembrar porque gostamos de Tarantino, Super Heróis e de animações. Vamos ver a lista abaixo que conta com BvS e Guerra Civil, dá pra acreditar que esses dois estão na mesma lista?

Obs: Essa lista foi feita antes de Rogue One que comentaremos em breve.

Star Trek Beyond (Sem Fronteiras)

O diretor Justin Lin assumiu o terceiro filme da nova franquia de Star Trek, deixando o filme mais eletrizante, cheio de ação e “porradaria”. Eu gosto de como foi reformulada a franquia Jornada nas Estrelas, o que não tira o mérito e a grandiosidade da série clássica, mas desde o primeiro filme dessa “nova” geração Star Trek ficou mais vistoso para os olhares dos Nerds que não viram muitos episódios da série.

A estranhesa ficou para o primeiro filme da trilogia, mas em Star Trek Beyond isso ficou de lado, com cenas eletrizantes e com uma trilha sonora que deixou alguns fãs desconfortáveis, mas que fez sentido durante o filme, além é claro da parte cientifica que realmente não é o principal, mas está presente.

Um excelente filme que fez uma bela homenagem aos 50 anos da série clássica.

THE HATEFUL EIGHT (Os Oito Odiados)

Quentin Tarantino voltou com estilo e trouxe com ele um elenco muito FODA, em THE HATEFUL EIGHT (Os Oito Odiados). Um dos melhores filmes do diretor, que se passa apenas em uma cabana, com diálogos que prendem o espectador e te deixa sempre na dúvida de quem realmente são aqueles personagens.

O plot do filme é impressionante e não faltaram as famosas cenas de morte e sangue absurdas de Tarantino, com Kurt Russell e Samuel L. Jackson fazendo o cinema vibrar. A trilha sonora é excelente, com uma fotografia digna dos filmes do diretor. Mas Os Oito Odiados me deixou triste, pois sei que a carreira de Tarantino está acabando, já que o próprio disse que fará apenas 10 filmes.

Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War)

Óbvio que iria entrar na lista os filmes de super heróis, e não poderia faltar Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War). O filme do Capitão América com Tony Stark como principal personagem e um Vingadores sem o Hulk e o Thor.

Um dos filmes mais esperados do ano chegou mostrando que super heróis se enfrentam entre si e não enfrentam apenas os vilões. Parece normal pra quem lê quadrinhos, mas o grande público nunca tinha visto. A Marvel conseguiu mostrar um pouco como isso
funciona, claro que a história não chega nem perto dos quadrinhos, mas a base do embate estava presente no roteiro.

O que mais chamou atenção no filme foi a presença do Homem-Aranha, que roubou a cena durante a batalha no aeroporto e com isso muitos erros do roteiro foram deixados de lado (inclusive por mim) porque me diverti muito vendo o aranha. A única parte negativa do filme foi o vilão que conseguiu ser deixado de lado e muito abaixo do esperado. Outro ponto foram as piadas que sempre quebravam as cenas dramáticas, muitas vezes sem necessidade.

Guerra Civil está entre os melhores filmes da Marvel e os melhores filmes de Super Heróis do cinema.

Batman v Superman: A Origem da Justiça (BvS: Dawn of Justice)

O filme mais polêmico do ano é tambem um dos melhores filmes de super heróis de todos os tempos já que muitos amaram e muitos odiaram, mas não podemos negar que esqueceremos muitos dos filmes de heróis que foram lançados até hoje, porém Batman v Superman: A Origem da Justiça será discutido por nós Nerds para todo o sempre.

Com o controverso diretor Zack Snyder BvS trouxe uma versão mais sombria dos heróis da DC Comics e apresentando o embate entre Batman e Superman, vale lembrar que isso acontece sempre nos quadrinhos, mas no cinema é a primeira vez que os heróis se encontraram. Com um início que me fez encher os olhos de lágrimas, pois é exatamente igual as páginas do quadrinho Batman – O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, e durante todo o filme essas referências aconteceram para alegria e dos fãs.

O ponto positivo do filme foi ver a Mulher Maravilha em tela, e saber que a amazona vai ter o seu filme solo esse ano pode parecer estranho para alguns, mas vai ser um filme de heroína, o maior símbolo feminino nos quadrinhos. Mesmo a Marvel fazendo um excelente trabalho no cinema, a produtora dos Vingadores não lançou nenhum filme com uma super heroína como protagonista.

BvS é o início para a Liga da Justiça, e lembre-se de que somos Nerds e gostamos tanto da Marvel quanto da DC Comics, somos fãs de Super Heróis e gostamos de novas visões, e principalmente, de decisões corajosas.

Zootopia (ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO)

Esse foi o ano da Disney e nada melhor do que o incrível  Zootopia, uma animação que criou um universo onde os animais agem como seres humanos, sempre fazendo uma analogia impecável e muito engraçada, e que fez todos no cinema rirem com as piadas onde você identificava o que cada animal era na nossa sociedade.

Zootopia é uma animação Disney mas que se parece muito mais com os roteiros e maneira Pixar de contar uma história e sempre que assisto eu vejo algo novo, uma referência que passou ou uma piada que tem vários sentidos. Excelente desenho para crianças e adultos, e já está entre as melhores animações de todos os tempos.

Deadpool

Ryan Reynolds volta a ser o antiherói Deadpool, depois de ter uma participação muito ruim em Wolverine Origens o ator retornou para o filme solo de Deadpool, onde também foi produtor. Estranho saber disso e confesso que fiquei até meio sem vontade de assistir, mas quando saiu o primeiro trailer e vi um pouco de como seria o filme, realmente tudo mudou.

O melhor filme de super herói do ano foi tambem o mais barato da categoria, com enfoque no roteiro e nas piadas, Deapool foi o filme baseado em quadrinhos mais fiel já feito. Lembrando que no quadrinho o herói tagarela é desse jeito mesmo, com uma história bem simples e aproveitando ao máximo as piadas mais baixas já feitas.

Reynolds realmente encarou o filme como uma redenção e fez com que os fãs de quadrinhos idolatrassem o herói, tornando Deadpool a melhor comédia do ano.

 

Creed: Nascido Para Lutar

Quando o diretor Ryan Coogler e o astro Sylvester Stallone se unem para fazer um reboot de Rocky, nasce Creed, um filme arrebatador que trouxe o sentimento do primeiro Rocky para os dias atuais. Apresentando Michael B. Jordan no papel de Johnson Creed, o filho de Apolo Creed, que pede para Rocky o treinar para virar um campeão do Boxe.

Parece meio clichê e repetitivo, mas a nova roupagem que foi dada para Creed impresciona, e fez todo o cinema vibrar na luta final, assim como na corrida de Creed para encontrar Rocky durante o treinamento. Vi mais de uma vez no cinema e pode ter certeza que Creed tem lugar na minha prateleira.

Confira também nossas criticas nos links abaixo e nos acompanhe nas redes sociais:

Star Trek 

Os OIto Odiados

Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War)

Batman v Superman: A Origem da Justiça

Zootopia

 

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: