freaky

Freaky: No Corpo de um Assassino | Crítica

Imagine acordar no corpo do serial killer que horas antes tentou te matar. É isso o que acontece, em Freaky: No Corpo de um Assassino, com Millie Kessler (Kathryn Newton), uma adolescente tímida e retraída, que apenas tenta sobreviver ao ambiente cruel da escola.

No filme Millie se torna vítima de Blissfield Butcher (Vince Vaughn), o terrível serial killer de sua cidade, mas ao invés de morta, ela acaba no corpo do assassino, por conta do antigo punhal de Butcher e, com isso descobre que tem somente 24 horas para tentar recuperar seu corpo, ou a troca será permanente.

A adolescente se vê presa no corpo de um psicopata de meia idade, que agora é procurado pela polícia da cidade, enquanto isso Butcher tem aparência de uma doce garota indefesa e frágil e, se aproveita dessa troca para continuar cometendo seus crimes, sem que ninguém o tenha como suspeito.

Millie conta com a ajuda de seus amigos, Nyla (Celeste O’Connor), Joshua (Misha Osherovich) e seu crush Booker (Urial Shelton), para impedir que Butcher cometa mais assassinatos e, também reverter a maldição para ter seu corpo de volta.

É um filme cheio de referências a filmes clássicos de terror dos anos 80 e 90, são várias cenas e situações que já vimos em outros filmes. Não há nenhuma preocupação com o roteiro ou com cenas exageradas, desde os momentos iniciais são mostradas mortes de formas exageradas e até cômicas. Aliás, o filme está repleto de cenas de mortes com muito sangue e pedaços de corpos.

Freaky é um filme divertido e assustador, mescla muito bem o terror e a comédia.


Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

CONHEÇA NOSSO PODCAST

NãoSeiNada Podcast é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os temas mais diversos do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: