1917

1917 | Crítica

Sam Mendes e o diretor de fotografia Roger Deakins nos agraciam com um show visual, onde somos espectadores quase que em primeira pessoa de parte da Primeira Guerra Mundial, mesmo contando com um roteiro simplório e quase sem diálogos, 1917 agrada e mostra o que um bom diretor de fotografia pode fazer.

No filme acompanhamos os cabos Schofield (George MacKay) e Blake (Dean-Charles Chapman), que são jovens soldados britânicos durante a Primeira Guerra Mundial. Quando são encarregados de uma missão aparentemente impossível os dois precisam atravessar território inimigo, lutando contra o tempo para entregar uma mensagem que pode salvar cerca de 1600 colegas de batalhão.

1917 conta com planos sequências com cortes quase que imperceptíveis a cada 8 minutos, aproximadamente, e isso foi feito para dar a impressão de que estamos acompanhando os soldados durante toda a sua missão. O trabalho técnico é impressionante, fazendo com que o espectador se sinta dentro do filme, participando daqueles momentos bem de perto.

O trabalho de Sam Mendes e Roger Deakins é memorável e impressionante, os planos sequência são inacreditáveis e fazem jus aos prêmios que o filme vem ganhando. Mas a falta de diálogos mais complexos e o roteiro muito simples são mascarados pelo show de informações visuais do longa.

Claro que essa é a proposta de 1917, nos dar uma experiência visual de tirar o folego e assim, fazer com que esqueçamos da historia contada. Esse ponto negativo não estraga a dinâmica do filme e muito menos a experiência que vale ser vista nas telas do cinema.

1917 é um filme digno de premiações por sua coragem em fazer um grande plano sequência dentro de um campo de batalha a céu aberto, mas não espere grandes batalhas, ou até mesmo uma história complexa sobre Primeira Guerra.

Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

CONHEÇA NOSSO PODCAST

NãoSeiNada Podcast é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os assuntos mais sérios do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: