rainhas do crime

Rainhas do Crime | Crítica

Estreou nos cinemas o novo longa da Warner Bros. Pictures, Rainhas do Crime, uma adaptação da história em quadrinho The Kitchen, do selo Vertigo da DC, e que retrata a história de três mulheres que resolvem assumir a chefia da mafia em uma Hell’s Kitchen dos anos 70.

Com uma excelente trilha sonora, figurinos e ambientação bem fiel aos anos 70 o longa adaptado da HQ homônima, se mostra como mais que um drama de gangster e aborda muitas questões dos dias atuais, trazendo a tona o empoderamento feminino, luta para conquistar seu espaço em um ambiente extremamente machista, escolher exercer uma profissão que não fosse apenas cuidar da casa e dos filhos, além de relações abusivas.

Com direção de Andrea Berloff e ótimas atuações de Melissa McCarthy (Kathy), Tiffany Haddish (Ruby) e Elisabeth Moss (Claire) a trama de rainhas do Crime consegue abordar a superação pessoal de cada personagem e mostrar que mesmo com todas as dificuldades e preconceitos, pois ao assumir os negócios, depois que seus maridos mafiosos são presos, o trio conquista muito mais do que apenas a região de Hell’s Kitchen, já que conseguem deixar de lado seus medos e fragilidades e se tornam mulheres fortes e determinadas, impondo sua presença no bairro e mostrando para os outros membros da organização a importância de família e do senso de comunidade.

Kathy é uma mãe de dois filhos e que vive um casamento feliz. Já Ruby enfrenta traições do marido, além do desprezo de sua sogra e todo o racismo por estar em uma comunidade branca. Enquanto Claire sofre constantes agressões de seu marido.

Rainhas do Crime

O desenvolvimento de cada personagem é um dos pontos de destaque do longa que mostra que as mulheres são capazes de ocupar seu lugar em um mundo machista tão bem, se não melhor, do que os homens, além de abordar toda a transformação submissão em relação a seus maridos a forma que ocupam os lugares que são reservados para elas dentro desta sociedade, quando as personagens conseguem assumir o controle de suas vidas.

Rainhas do Crime vale o ingresso ao entregar um bom filme e que consegue apresentar discussões interessantes e atuais mesmo em meio a toda a matança e sangue que se espera em um filme gangster.

Rainhas do Crime estreou nos cinemas nesta quinta-feira, 8 de agosto.


Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

CONHEÇA NOSSO PODCAST

NãoSeiNada Podcast é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os assuntos mais sérios do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: