GoT | Afinal, quem é o Azor Ahai?

Finalmente conferimos a aguardada batalha entre os Vivos e os Mortos em Game of Thrones e entre muitas teorias e profecias que nos acompanham desde o início da série fomos surpreendidos pelo responsável por acabar com o temível Rei da Noite durante a Batalha de Winterfell.

As diversas profecias presentes tanto na série quanto nos livros têm a função não só explicar os acontecimentos, conectando-os com histórias do passado, mas também ajudam a guiar e mostrar os rumos de alguns personagens. Muito se falou que apenas o “Príncipe Prometido”, o Azor Ahai, conseguiria acabar com o domínio dos caminhantes brancos durante a grande batalha, e entre os principais candidatos descavam-se Jon Snow e Daenerys, mas no fim das contas a grande responsável por tal feito foi Arya Stark.

Contrariando todas as profecias e teorias a garota Stark mostrou que todo seu treinamento contou muito mais do que qualquer lenda antiga e para delírio dos fãs enfincou sua adaga no Rei da Noite a partir da armadilha criada por Bran e o exército dos vivos em Winterfell e acabou com todo seu exercito de terror. O grande questionamento dos fãs foi que em nenhum momento foi mostrado que Arya teria qualquer ligação com o Azor Ahai e sua famosa Lunífera então para entender um pouco mais da profecia vamos descobrir como surgiu a famosa profecia.

A profecia

“Quando a estrela vermelha sangra e as trevas se reúnem, Azor Ahai deve nascer de novo em meio a fumaça e sal para acordar os dragões de pedra.”

Segundo a lenda, o Azor Ahai desafiou os Outros (caminhantes brancos) durante a Longa Noite, um período de grande escuridão em Westeros, oito mil anos antes da chegada de Aegon Targaryen (tataravô de Daenerys). Azor Ahai era portador da Luminífera, uma espada em chamas que finalmente traz a luz para as trevas, a espada só teve seu verdadeiro poder revelado após o sacrifício de sua amada, Nissa Nissa. Ao mergulhar a espada no coração de sua esposa, o herói ativou a espada de fogo, arma que o ajudou a derrotar o exército do mal nesta lendária batalha.

Segundo as profecias de Asshai, o Azor Ahai irá retornar a mando de R’hllor, o deus vermelho e Senhor da Luz, e surgirá em meio ao sal e fumaça durante um longo verão que será tomado por um grande pesar sobre o mundo. O guerreiro irá mais uma vez desafiar o Rei da Noite e se falhar, o mundo cairá junto dele.

“Haverá um dia depois de um longo verão, quando a estrela sangrar e o sopro frio da escuridão cair sobre o mundo. Nessa hora, o guerreiro irá tirar do fogo uma espada em chamas. E essa espada será a Luminífera, a espada vermelha dos heróis, e quem a empunhar será Azor Ahai, e a escuridão fugirá diante dele.”

Na série, a grande emissária da história do Azor Ahai é a Melisandre, que surgiu acreditando que esse era Stannis, mas como a própria disse, as profecias são coisas muito perigosas e após perceber que Stannis não era o prometido passou a crer que Jon poderia ser o grande guerreiro após ele retornar dos mortos. Fato que também foi apontado em A Dança dos Dragões (livro adaptado na quinta temporada da série), mas que ao mesmo tempo depois da interpretação de um septão de Volantis, passamos a acreditar que Daenerys seria a reencarnação do guerreiro já que em Valeriano príncipe e princesa são escritos da mesma maneira.

Durante a série outros personagens também foram apontados como o possível grande campeão, entre eles Sandor Clegane (cão) e Jaime Lannister.

HBO-game-of-thrones-The Long Night-arya-azor-ahai

A grande revelação de que Arya  Stark, depois de toda sua jornada desde a morte de Ned,  seria a grande responsável pelo fim da guerra pegou todos de surpresa e muitos fãs não gostaram da decisão, mas mais uma vez a série mostrou que nada é o que imaginamos e tudo pode acontecer.

Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: