Maze Runner: A Cura Mortal – Crítica

Maze Runner: A Cura Mortal é o último filme da trilogia que se iniciou em 2014, após problemas na produção com o horrível acidente de Dylan O’Brian o filme atrasou seu lançamento, o que fez com que tivessem mais tempo para a pós produção e isso ajudou muito para a qualidade dos efeitos e que por sua vez melhorou a experiência do espectador, mas não espere um grande desfecho e sim um ótimo filme de ação.

Em Maze Runner: A Cura Mortal o personagem de O’Brian (Thomaz) tem muito destaque e o ator consegue segurar as cenas de ação, que são muitas durante o filme, e esse é o ponto forte de A Cura Mortal, mas como foi dito anteriormente não espere um grande final com grandes diálogos e explicações. Vá ao cinema para ver um ótimo filme de ação, com um visual interessante principalmente quando os personagens estão no deserto ou fugindo do C.R.U.E.L.

Muitas vezes as cenas acabam de uma maneira clichê, mas isso não estraga a experiência. Acredito que os fãs dos livros vão achar que a história é rasa se comparada com a obra original, mas se você é fã apenas dos filmes tudo se explica de maneira simples, claro que é preciso ver os dois longas anteriores já que A Cura Mortal é uma continuação direta de Maze Runner: Prova de Fogo.

Maze Runner: A Cura Mortal é um ótimo filme de ação para o final de uma trilogia que nos pegou de surpresa, vale o ingresso, mas ainda bem que não vamos ter mais filmes da saga, pois acredito que a história não sustentaria mais um filme.

Nota: classificacao-positiva

 


Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

Nosso podcast

https://mundopodcast.com.br/teiacast/variedades/nao-sei-nada/

https://podflix.com.br/naoseinadacast

http://youtuner.co/channel/naoseinada.com.br

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: