The Defenders, Mike Colter as Luke Cage, Charlie Cox as Daredevil, Krysten Ritter as Jessica Jones, and Finn Jones as Iron Fist, photographed for Entertainment Weekly on December 10th, 2016, by Finlay Mackay in Brooklyn, New York. Costume Designer: Stephanie Maslansky, Wardrobe Supervisor: Pahelle Latino, Makeup Head: Sarit Klein, Key Makeup Artist: Kaela Dobson, Hair Department Head: Pamela May, FX Makeup: Brian Spears, Prop Stylist: Charlot Malmlof

Análise – Os Defensores (Netflix)

Os heróis da Netflix se encontram na série Marvel’s The Defenders (Os Defensores), que conta com Demolidor, Luke Cage, Punho de Ferro e Jessica Jones.

Os heróis da Netflix se encontram na série Marvel’s The Defenders (Os Defensores), que conta com Demolidor, Luke Cage, Punho de Ferro e Jessica Jones. Os Vingadores de baixo orçamento que cuidam do bairro de Hell’s Kitchen em Nova Yorque conseguem divertir com cenas engraçadas, com o mal humor de Jessica Jones (Krysten Ritter) e lutas mais elaboradas, errando em alguns momentos e fazendo a série cair um pouco, mas isso não estraga em nada o primeiro encontro dos heróis.

Os Defensores começa de maneira lenta com os dois primeiros episódios de oito mostrando um pouco dos quatro heróis, isso deixa quem está esperando esse encontro desde a primeira temporada de Demolidor um pouco cansado, já conhecemos esses personagens e isso poderia ser encurtado. Outro ponto fraco é o fato de apenas o Demolidor (Charlie Cox) usar uniforme e assim ser o único conhecido como um verdadeiro herói, as atitudes dos demais não condiziam com a formação de uma equipe e senti falta de ver super-heróis em ação, já que apenas no ultimo episódio isso acontece, mas acredito que essa era a proposta.

Luke Cage (Mike Colter) e o Punho de Ferro (Finn Jones) ainda não são muito bem aproveitados mesmo Danny Rand/Punho de Ferro (Finn Jones) tendo muito destaque na trama, senti que esses dois personagens são descartáveis para a história, não empolgando da maneira que deve. Já que a mitologia que envolve Cage e Rand é muito interessante.

A série é uma das melhores entre todas as anteriores envolvendo os heróis, trazendo um Demolidor muito parecido com o que lemos nos quadrinhos e temido pelos vilões, enquanto Jessica Jones aparece muitas vezes como o alivio cômico, algo muito interessante e que me agradou, até mesmo Elektra e o Tentáculo estão melhores construídos trazendo uma ameaça real para o grupo.

defensores-10

Com cenas de ação bem construídas e coreografadas como na primeira temporada de Demolidor, Os Defensores foram um acerto da Netflix, que além de contar uma história fechada que foi apresentada aos poucos nas outras séries ainda deixou algumas pontas soltas para as próximas temporadas de Jessica Jones e Demolidor (Daredevil). Mesmo assim inda sinto falta das referências aos personagens dos demais filmes do universo Marvel e dos heróis com seus uniformes caracteristicos, mas com certeza vale a pena conferir a série.

Nota: classificacao-positiva

A primeira temporada de Os Defensores (The Defenders) está disponível na Netflix.


Confira nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

NãoSeiNadaCAST é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os assuntos mais sérios do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop e que podemos discutir com opiniões diferentes mas sempre se entendendo e rindo muito.

1 thought on “Análise – Os Defensores (Netflix)

  1. Confesso que, mesmo parte de uma mitologia, toda a história de K’um L’um, dragões e misticismo é utilizada em excesso por Os Defensores, o que acaba subaproveitando parte do grupo, em especial Jessica Jones e Luke Cage. Sempre achei o trabalho de Rosario Dawson é excepcional.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: