5 Piores Filmes Nerds de 2016

Vamos lista os cinco “piores” filmes que nós nerds gostamos ou não, do ano de 2016. Parece estranho mas você vai concordar comigo, alguns são bons e ruins e outros são ruins mas nós gostamos, veja abaixo um lista polêmica que conta com Esquadrão Suicida. Você acredita?

Anúncios

Fim de ano época de listas então vamos falarar dos cinco “piores” filmes nerds do ano de 2016. Parece estranho, mas você vai concordar comigo, alguns são bons e ruins e outros são bem ruins e nós gostamos mesmo assim. Veja abaixo uma lista polêmica que conta até com Esquadrão Suicida. Você acredita? Então confira abaixo:

5 – Esquadrão Suicida (Suicide Squad)

O filme estreou dia 4 de agosto, com um Hype enorme e várias cenas importantes mostradas durante os trailers. Mas o que fez ele entrar na lista foi o Coringa de Jared Leto e a mudança de tom do longa, que aconteceu após o termino da filmagens.

Tentaram mudar o filme na edição alterando as cores e as artes, deixando-o mais colorido e engraçado, inserindo umas piadas na pós produção que acabaram deixando a continuidade meio confusa. Leto fez um bom trabalho, mas parece que não apresentaram muito bem o Coringa deixando de lado muitas cenas boas que para tristeza dos fãs ficaram apenas nos trailers.

Mesmo com estes defeitos, Esquadrão Suicida foi sucesso de bilheteria em 2016 e trouxe para as telas a Arlequina, interpretada por Margot Robbie, uma personagem que foi muito bem explorada e deixou os fãs malucos pela vilã de Batman. Agora vamos conferir a versão estendida, lançada em DVD, e quem sabe ele sai dos piores e entra na lista dos melhores.

4- Alice Através do Espelho

Alice Através do Espelho é a continuação do filme de 2010 (Alice no País das Maravilhas) com Tim Burton como diretor, e que leva uma Alice adulta de volta ao País das Maravilhas em uma tentativa de ajudar o Chapeleiro que estava “morrendo” de tristeza.

Basicamente é isso, parecia que este seria um filme bom, o diretor James Bobin manteve o visual do filme de 2010, mas a Disney não conseguiu trazer a mesma qualidade no CGI. Outro ponto negativo é a questão das viagens no tempo. Aprendemos que é preciso ter muito cuidado com histórias sobre o tema e apenas “De Volta Para o Futuro” é impecável em contar uma história assim, e Alice Através do Espelho sofre muito quando tenta levar esse tema adiante.

Johnny Depp voltou para interpretar o Chapeleiro, e realmente não é possível ver mais do mesmo, além das piadas não terem graça nenhuma o filme deixou muito a desejar em muitos aspectos, e espero que pare por ai.

 

3 – Procurando Dory

Não “espere muito” de um filme quando ele demora 13 anos para ter uma continuação, a chance de se decepcionar é quase certa, e foi exatamente isso que aconteceu com Procurando Dory.

Com bons personagens, mas um roteiro muito ruim, Procurando Dory não conseguiu chegar nem perto do excelente Procurando Nemo. Tentaram muito fazer com que a nostalgia tocasse o coração dos fãs para mascarar um roteiro fraco que não chega aos pés do primeiro filme, tirando a tentativa da Pixar de fazer quem está no cinema chorar. Podemos nos emocionar vendo animações, mas em Procurando Dory conseguiram transformar a piada em uma coisa triste.

A Dory esquecer tudo era uma piada, que nós já entendemos e que sim é uma doença triste, mas em Procurando Nemo vimos que isso foi superado pela personagem. Não era preciso explicar insistentemente o porque e transformar isso em algo triste, as vezes vamos ao cinema para rir e refletir sobre assuntos sérios durante uma boa comédia. Espero que a Pixar não estrague mais nenhum filme…

 

2 – Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos

Esperamos um épico e ficamos com um belo filme de Sessão da Tarde… O visual de Warcraft é impressionante, com personagens em CGI muito bem feitos e um visual muito bonito. Falando isso parece até que o filme é um épico muito bom, que faz jus a sua fama nos games, mas não, isso não acontece pois esqueceram de um ponto bem importante, para um filme fazer sucesso além de grandes efeitos é preciso contar uma boa história.

Warcraft prova que não adianta ter um visual e um 3D impecável se você não contar uma história que prenda o público, algo que não deu pra entender já que os games contam com um enredo cheio de boas histórias, onde realmente era possivel retirar um roteiro épico. Mas isso não aconteceu, e uma possível incrível trilogia pode ficar em apenas um único filme ruim.

1 – X-Men: Apocalipse

Bryan Singer volta para a franquia X-Men, mas ainda traz a Mística de Jennifer Lawrence e um vilão bundão. Parece que não conseguem de jeito nenhum adaptar uma saga dos X-Men como deve ser, mesmo quando é apresentado um conceito que agrada. Que no caso de X-Men Apocalipse foi a escola de mutantes dos anos 80, os personagens adolescentes e a Jean Grey, mas mais uma vez não passou disso.

Um vilão que não colocou medo em ninguem, e novamente usando o Magneto para suprir a ameaça, X-Men Apocalipse não passou de algumas cenas realizadas apenas para agradar seus fãs, como foi o caso da cena do Wolverine, o “surgimento” da Phoenix e a cena do Mercúrio. A Fox continua sua cronologia sem sentido e o pior é que ainda não vamos ver os Mutantes com os uniformes do final do filme, já que surgiu um rumor de que vão fazer mais um reboot da saga.

2016 acabou assim e esperamos que 2017 não decepcione e nos traga grandes sucessos nas telonas.


Confira nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

NãoSeiNadaCAST é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os assuntos mais sérios do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop e que podemos discutir com opiniões diferentes mas sempre se entendendo e rindo muito.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: