the last of us 2

The Last of US Part II | Review

Junho de 2020 é a data de lançamento de um dos melhores games de todos os tempos, The Last of US Part II eleva o nível de como uma boa historia é contada enquanto o player sente diferentes emoções durante seu gameplay.

A narrativa é o destaque, mas o gameplay não deixa nada a desejar, desde a furtividade até a criação de itens para sobrevivência que deixam o jogo muito mais interessante fazem com que tudo fique conectado e eleve a experiência ao máximo.

Alguns detalhes como os monstros queimados pelo fogo, quebrar uma vidraça para pegar algum item ou até mesmo um tiro que quebra e atravessa o vidro acertando o inimigo do outro lado fazem com que a imersão seja sempre preservada. Em outros até mesmo Ellie colocando sua touca na chuva e tirando em ambientes secos fazem com que a ambientação pareça cada vez mais realista, deixando momentos dramáticos muito mais tensos e com isso trazendo o jogador para dentro do jogo.

A fabricação de itens é tão importante que faz com que fiquemos procurando mantimentos o tempo todo, já que para isso é necessário o uso desses itens tanto para enfrentar quanto para fugir de infectados e humanos.

O fato de vermos várias vezes infectados correrem em bandos aumenta o fator ameaça e, junto com as mortes brutais, deixam o player muito mais pensativo e calculista.

Mas como disse no início, a narrativa é o forte de The Last of US Part II, que supera o seu antecessor e trás um peso dramático para a protagonista assim como para sua “antagonista”. A maneira como a historia te envolve é impressionante, e o fato de controlar a “vilã” Abby faz com que ela se torne uma segunda protagonista e nos mostra o ponto de vista daquela que deveria ser o grande embate final da história.

The Last of US Part II se utiliza de artifícios que conseguem extrair vários sentimentos do jogador e que podem até confundir aqueles que estão no “controle” da situação, principalmente nos momentos em que você se questiona se os heróis são realmente bons e se os vilões são realmente maus.

Nunca me emocionei tanto com um game. Me envolvi de coração e alma com as histórias das personagens que ao final não queria mais que Abby e Ellie se enfrentassem, eu realmente queria que aquelas meninas nunca tivessem se encontrado, e percebi toda a engenhosidade e a mensagem que um simples joguinho pode passar.

The Last of US Part II vale cada centavo gasto!

Para saber mais sobre o game confira uma parte do nosso gameplay no IGTV do @sitenaoseinada


Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

CONHEÇA NOSSO PODCAST

NãoSeiNada Podcast é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os temas mais diversos do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: