20 anos do game Resident Evil 2

Resident Evil 2 é um dos games mais aclamados de todos os tempos,  que completou 20 anos do seu lançamento em janeiro deste ano.  Vamos falar um pouco sobre o game que popularizou o gênero Survival Horror e apresentou algumas inovações  com relação ao primeiro Resident Evil.

O jogo Resident Evil 2 é um survival horror lançado originalmente para o PlayStation em 1998, se passa dois meses após os acontecimentos de Resident Evil, na cidade de Raccon City, localizada na região centro-oeste dos Estados Unidos. Quase todos os seus cidadãos foram transformados em zumbis por um surto do T-virus, um novo tipo de arma biológica secreta desenvolvida pela empresa farmacêutica Umbrella Corporation.

Você joga com dois personagens, Leon S. Kennedy, um policial novato em seu primeiro dia na força local, e Claire Redfield, uma estudante universitária à procura de seu irmão Chris. Tendo acabado de chegar na cidade, os dois partem para o Departamento de Polícia de Raccoon buscando proteção contra a população zumbi.

O game na sua versão de PS1 possuía dois CDs sendo um de Leon e outro de Claire, podendo jogar uma parte da história com cada um. Essa era a adição principal do jogo em relação ao seu antecessor, o “Sistema Zapping”, através do qual cada um dos dois personagens jogáveis é confrontado com quebra-cabeças e histórias diferentes em seus respectivos cenários.

Depois de terminar o “cenário A” com um protagonista, um “cenário B”, em que os eventos estão representados a partir da perspectiva do outro protagonista é desbloqueado. O jogador possui a opção de iniciar o “cenário A” com qualquer um deles, resultando num total de quatro cenários diferentes.

Abertura Leon A

Abertura Claire A

Um dos motivos para o sucesso do game, além da jogabilidade que era melhorada em comparação ao anterior, é que Resident Evil 2 contava com um enredo muito elaborado que expandia o universo de Resident Evil, apresentando um vírus e uma empresa multinacional que iria no futuro da série infectar o mundo todo. E cada escolha que fizesse com qual personagem escolhesse para iniciar a partida uma nova descoberta era feita.

Como todo game de sucesso Resident Evil 2 contou com mais algumas versões, veja abaixo algumas delas:

Biohazard 2 (PSOne e PSN Japonesa)

Lançada uma semana após o original americano, a versão japonesa de RE2 é um pouco mais fácil e contém algumas diferenças na localização de inimigos, munições e itens de cura, além de um aumento na potência das armas. Ainda, a violência durante as cenas de Game Over foi reduzida e a função de mira automática está ligada como padrão, ao contrário das versões ocidentais, nas quais ela deve ser ativada no menu de opções (tipo C).

Resident Evil 2 Dual Shock Ver. (PSOne, Gamecube e PSN)

O relançamento do game para Playstation, além de incluir suporte ao controle vibratório e alavancas analógicas do console da Sony, trouxe também um novo modo de jogo, chamado “Extreme Battle”. Nele, os jogadores devem sair do laboratório e seguir até o R.P.D. Chegando lá, devem recuperar quatro bombas espalhadas pela delegacia para que finalmente possam fugir. O modo traz quatro personagens, Leon, Claire, Ada e Chris, e três modos de dificuldade.

Esta edição trouxe ainda pequenas adições ao game normal, como telas de ranking nos minigames de Hunk e Tofu, um código que habilitava munição infinita para todas as armas e um novo nível de dificuldade voltado para iniciantes. A versão japonesa conta ainda com o modo “USA Version”, com as mesmas localizações e dificuldades do game original americano.

Esta versão também foi lançada em 2003 para Gamecube. Em 2009, chegou à Playstation Network, e pode ser jogada no Playstation 3 e PSP.

Resident Evil 2 (PC e Dreamcast)

A versão para computadores, chamada de Resident Evil 2 Platinum, trouxe todas as adições da versão Dual Shock, juntamente com uma galeria de imagens, onde ilustrações, conceitos e renders dos personagens eram habilitados à medida que se avançava no jogo. Há também novos níveis de dificuldade. No “Arrange Mode”, mais fácil, é possível encontrar metralhadoras infinitas no baú. Já o “Nightmare Mode” tem monstros bem mais resistentes (zumbis, por exemplo, levam cerca de 20 tiros para morrer), munições em menor número e personagens mais fracos.

Em 1999, a versão de PC foi portada para o Dreamcast. A única adição deste novo lançamento é a possibilidade de ver a energia do personagem na tela do VMU, o memory card do console da Sega. No Japão, o game foi lançado com o nome “Biohazard 2 Value Plus”, e incluía um disco extra que continha o demo de Resident Evil CODE: Veronica e algumas músicas selecionadas das trilhas de games anteriores.

Em 2006, a versão para computadores foi relançada em DVD pela publicadora japonesa Sourcenext. Essa edição resolvia os problemas de incompatibilidade do game com o Windows XP e trouxe uma resolução um pouco maior para cenários e vídeos.

Resident Evil 2 (Nintendo 64)

Lançada em 1999 nos EUA e em 2000 no Japão, é a versão que traz mais diferenças em relação ao jogo original. Resident Evil 2 para o antigo console da Nintendo impressiona pela capacidade dos programadores, que conseguiram compactar os dados dos dois CDs, até mesmo os vídeos em um cartucho do console, juntamente com todas as novas características. Somente o modo “Extreme Battle” ficou de fora deste lançamento.

Resident Evil 2 (Game.com)

Em 1998, Resident Evil 2 chegava também ao portátil da Tiger. Talvez a versão mais obscura de todas, o game trazia somente Leon como protagonista em um game completamente 2D e em preto e branco. Uma segunda versão do jogo foi anunciada, desta vez com Claire, mas com a falência do console, o lançamento foi abortado.

Resident Evil 2 é um daqueles games que todos precisam jogar para entender porque ele é tão cultuado até hoje, os fãs ainda esperam o remake enquanto isso esperamos e jogamos as versões antigas mesmo.

 

Como jogar Metal Gear seguindo a sua cronologia?

Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

Nosso podcast

https://mundopodcast.com.br/teiacast/variedades/nao-sei-nada/

https://podflix.com.br/naoseinadacast

http://youtuner.co/channel/naoseinada.com.br

 

https://soundcloud.com/naoseinada

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: