Análise – CAÇADORES DE EMOÇÃO – ALÉM DO LIMITE

O que acontece quando um estúdio pega um filme muito datado da década de 90, e tenta repaginar utilizando atores desconhecidos e filmagens em 3d? Se você quer mesmo saber a resposta, então vá até o cinema e assista Caçadores de Emoção – Além do Limite (Point Break).

point break 19870450.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxO longa é inspirado em um de filme 1991, estrelado por Patrick Swayze e Keanu Reeves, uma combinação que na época fez um pessoal ir ao cinema, mas é claro que lembramos de ver em DVD e na televisão, já que esse não foi nenhum clássico da década. Desta vez o diretor Ericson Core (que também foi responsável pela fotografia) foi o responsável em fazer Point Break levar o espectador ao limite da adrenalina, sério é isso que você pode esperar do filme, já que o longa conta com um elenco pouco conhecido com Édgar Ramírez (Bodhi), Luke Bracey (Johnny Utah), Ray Winstone, Teresa Palmer e Delroy Lindo (esse você vai lembrar). Infelizmente esses não foram os melhores papéis desses atores, já que o roteiro é muito fraco e cheio furos, com acontecimento que não fazem o menor sentido e motivações estranhas e difíceis de engolir.

Começando com o protagonista Johnny Utah (Luke Bracey) um praticante de esportes radicais, que resolve largar tudo e virar agente do FBI, isso acontece após um acidente com seu melhor amigo no qual ele estava presente. Fica dificil de entender qual é a motivação do personagem e se ele se envolve realmente com as pessoas que investiga, tudo é muito confuso e parece meio que jogado na tela.

As cenas com atletas de diferentes tipos de esportes radicais são muito boas, mas ficam fora de contexto, parece que foram feitos dois filmes diferentes, já que nos momentos em que os personagens realizam manobras destes esportes as cenas são muito bem filmadas e o 3D funciona muito bem, com alguns momentos de profundidade e outros com pedras “saindo” da tela. Alguns atletas radicais realizaram as cenas de ação no filme incluindo os surfistas Laird Hamilton, Sebastian Zietz, Makua Rothman, Billy Kemper, Brian Keaulana, Ahanu Tson-dru, Ian Walsh, Laurie Towner, Dylan Longbottom, Albee Layer, Bruce Irons, Tikanui Smith e Tuhiti Humani, os snowboarders Xavier De Le Rue, Louis Vito, Christian Haller, Lucas DeBari e Ralph Backstrom; os skatistas Bob Burnquist e Eric Koston; os motociclistas Riley Harper e Oakley Lehman; os pilotos dublês de wingsuit Jon Devore, Julian Boulle, Noah Bahnson, Jhonathan Florez e Mike Swanson, com o consultor Jeb Corliss; e o alpinista de escalada livre Chris Sharma.

Mas como existe gosto para tudo e para os mais diferentes tipos de pessoas se você curte ver corpos sarados, manobras radicais e até mesmo diálogos sem muito sentido, vá ao cinema para assistir Caçadores de Emoção – Além do Limite, que estreia dia 28 de janeiro de 2016, com a direção de Ericson Core, roteiro de Kurt Wimmer (“Salt”, “Código de Conduta”).

Nota: classificação site 2

Sinopse: Caçadores de Emoção – Além do Limite, é um filme de ação com alta carga de adrenalina da Alcon Entertainment, um jovem agente do FBI, Johnny Utah (Luke Bracey) se infiltra em um habilidoso time de atletas aventureiros, liderados pelo carismático Bodhi (Edgar Ramirez). Os atletas são os principais suspeitos em uma onda de crimes extremamente incomuns. Disfarçado, e com a vida em perigo iminente, Utah se esforça para provar que eles são os arquitetos dessa sequência de crimes inconcebíveis. As cenas de ação e aventura são realizadas por atletas de elite, que representam o melhor do mundo nas categorias de surf de ondas gigantes, wingsuit, snowboard, escalada livre em rochas e corrida de moto de alta velocidade.

 

Deixe uma resposta