O Irlandês | Crítica

O Irlandês (The Irishman) não é o filme mais intenso sobre máfia de Martin Scorsese, mas é sem sombra de duvidas o que mais se aprofunda em uma faceta mais realista e pouco explorada dos mafiosos da década de 1960.

No filme vemos “O Irlandês”, Frank Sheeran (Robert De Niro) um veterano de guerra cheio de condecorações que concilia a vida de caminhoneiro com a de assassino de aluguel número um da máfia. Promovido a líder sindical, ele torna-se o principal suspeito quando o mais famoso ex-presidente da associação desaparece misteriosamente.

O Irlandês

O londa de Martin Scorsese conta com um elenco de chamar atenção, com muitos veteranos de Hollywood, com atuações incríveis que fazem com o filme seja grandioso. Robert De Niro (Frank “Irlandês” Sheeran), Al Pacino (Jimmy Hoffa) e Joe Pesci (Russell Bufalino) ganham destaque mesmo entre outras grandes estrelas do elenco.

Mas isso é justificado durante o longa, já que tudo gira em torno da relação de Frank, Russell Bufalino e Jimmy Hoffa. Explorando muito mais alguns momentos pessoais de Frank, como sua relação com a filha e suas duvidas sobre estar participando da “familia” enquanto apenas seguia ordens.

Esses momentos são sutis e diferente de outros filmes do diretor, a vida do protagonista é acompanhada de maneira mais melancolia, já que Frank não parece muito confortável com o fato de fazer parte de algo muito grande. Ele apenas reage e segue o jogo, nos apresentando o que seria uma visão realista do submundo do crime organizado da época.

O Irlandês é um ótimo filme de mafia para quem gosta do gênero e espera algo diferente do comum, já que Scorsese consegue aqui nos apresentar um filme mais maduro e pé no chão.

Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

CONHEÇA NOSSO PODCAST

NãoSeiNada Podcast é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os assuntos mais sérios do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: