Stranger Things 3 | Análise da Temporada

Stranger Things 3 chegou ao Netflix e se mostrou a mais empolgante e agradável temporada da série. Com episódios que prendem atenção e com núcleos separados que se completam a série consegue prender sua atenção enquanto entretêm, nos deixando com vontade de ver mais e mais sobre esses personagens que amamos.

Stranger Things chegou em 2016 utilizando a nostalgia dos anos 80 e crianças adoráveis, isso junto com ótimos atores e uma história interessante, fez com que a série ganhasse muitos fãs logo em sua primeira temporada. Mas em seguida no ano de 2017 estreou sua segunda temporada, que não agradou tanto deixando as crianças separadas em alguns momentos, e a nostalgia não foi tão bem explorada. Além de um roteiro fraco e episódios cansativos fez com que muitos fãs não acreditassem no sucesso da terceira temporada.

Stranger Things 3

Então dois anos depois somos agraciados com Stranger Things 3, a terceira temporada da série original Netflix que se passa nas férias de verão em Hawkins, durante o feriado de 4 de julho, onde vemos os personagens crescendo e virando adolescentes. A transição dos personagens para a adolescência foi feita de maneira com que fizesse parte de toda a trama, e temos novamente o sentimento de nostalgia e referências da primeira temporada, mas desta vez dentro da série, já que as crianças cresceram e vão deixando sua infância durante o decorrer da temporada.

Todos os personagens principais são tratados com o devido carinho dentro da trama, mesmo sendo divididos em núcleos, o que deixou a trama muito mais interessante.

Stranger Things 3
Stranger Things

Essa terceira temporada conseguiu ser grandiosa e passar que a ameaça é global colocando os Russos como os grandes vilões, lembrando que tudo se passa na década de 80 e que Hawkins se localiza nos EUA, e tudo está maior e muito mais elaborado. Mesmo que os grandes acontecimentos envolvam o Shopping e tudo pareça acontecer naquele local, a ameaça supera a da temporada anterior deixando até mesmo Eleven em perigo.

O melhor grupo sem duvida é composto por Dustin, Steve, Robin e Erica, esses quatro conseguem nos fazer rir e tirar nosso fôlego nos momentos tensos, uma das razões para nos fazer querer mais temporadas.

Stranger Things 3

A amizade entre Eleven e Max é incrível e o empoderamento feminino está sempre na tela, com as atitudes das duas amigas e também com Nancy que sofre nas mãos de seus chefes nos primeiros episódios, mas consegue dar a volta por cima.

Todos os atores estão muito bem em toda a série, mas quem chama muito a atenção é Winona Ryder (Joyce Byers), parece que essa personagem foi feita para ela e mais ninguém.

A terceira temporada de Strager Things foi tão agradável e dinâmica que maratonar foi tranquilo e me deixou com vontade de ver cada vez mais, fazendo com que essa se tornasse sem sombra de dúvidas, uma das melhores séries da atualidade. Agora nos resta esperar para sabermos se teremos muito mais de Eleven e Hawkins para assistir.

Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

CONHEÇA NOSSO PODCAST

NãoSeiNada Podcast é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os assuntos mais sérios do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: