HBO-game-of-thrones-The Long Night-arya-azor-ahai

Game of Thrones | The Long Night – Arya Azor Ahai?

O terceiro episódio da oitava e última temporada de Game of Thrones contou com a tão aguardada batalha dos “Vivos contra os Mortos”, e muito do que esperávamos ganhou um desfecho um tanto quanto inesperado, mesmo os que adoram as teorias baseadas nas profecias de GoT não esperavam que Arya Stark iria acabar com a batalha. Agora ainda fica a pergunta – Arya seria o Azor Ahai?

Chegamos a metade da temporada final com uma batalha excelente e com muitos acertos, principalmente quando nos surpreende em diversos momentos. Todos esperávamos que os personagens principais iriam ter suas batalhas bem coreografadas e com heroísmos grandiosos, mas o que vemos é uma batalha corrida com todos tentando sobreviver a todo momento.

Destaque para as cenas de Sam, onde mesmo sem destreza nenhuma, o amigo de Jhon, se mostrou importante na batalha com sua força de vontade e com o desespero estampado no rosto. Desespero esse que passava para todos os personagens a medida em que o Rei da Noite avançava com seu exército de “Mortos Vivos”, nem mesmo Jhon e Daenerys com seus Dragões conseguiam dar fim aos muitos soldados no campo de batalha.

Desespero era o sentimento do espectador também, já que a todo momento algo aterrorizante acontecia, uma batalha perdida onde não existia profecia muito menos esperança. Onde tudo era morte e escuridão. Escuridão essa que muitos reclamaram, mas além de ser um artificio para diminuir a quantidade de CGI, também fez parte da narrativa, já que os White Walkers eram retratados como morte e escuridão.

Ninguém era páreo para o Rei da Noite, e assim como George R.R.Martim disse uma vez, Game of Thrones se parece com a vida real e os grandes heróis muitas vezes não vem de profecias bonitas ou de batalhas heroicas. Pensando dessa maneira fomos surpreendidos com Arya acabando com o Rei da Noite quando tudo parecia perdido, nem Jhon, nem Daenerys, muito menos Jaime Lannister, mas sim Arya Stark.

Então sabendo de tudo o que foi ótimo e grandioso no episódio vamos a teoria de que Azor Ahai iria acabar com a guerra.

Azor Ahai seria o guerreiro que iria acabar com os Caminhantes Brancos junto com sua espada de fogo forjada com o sangue do coração de sua amada. Tudo muito lindo, mas muito fantasioso mesmo para um Universo que conta com Dragões e Mortos Vivos.

Assim temos uma possivel Azor Ahai bem diferente do que estava escrito nas lendas antigas de Westeros, Arya Stark não se encaixa em nenhuma dessas lendas e podemos até forçar algumas delas, mas não iremos entrar em um consenso. Isso é bom, pois assim explica o porque de Melisandre estar confusa com o Senhor da Luz e, neste episódio, logo que volta para Winterfell a Bruxa sabe que Arya será importante para seu propósito, que é ajudar o Senhor da Luz a derrotar o Rei da Noite.

O Misticismo e a realidade se fundem durante o desfecho do episódio com Melisandre explicando o real propósito daquele que ela segue e perguntando para Arya que é salva por Beric Dondarrion – “O que dizemos ao Deus da Morte?” – e Arya responde: “Hoje Não!”. Essa pergunta e resposta se unindo com fato de Beric finalmente ter morrido e, claro com Melisandre dizendo sua profecia para Arya novamente (que a Stark mataria alguém com olhos azuis), faz com que a Stark seja importante para aquela batalha.

Essa foi a grande virada e o momento que o Senhor da Luz revela a Melisandre quem é a Salvadora e quem realmente será Azor Ahai. Sem grandes profecias e sem espadas de fogo enfiadas no coração da pessoa amada. Apenas uma guerreira com força de vontade e muito treino, uma pequena menina que sofreu e aprendeu com seus erros, uma das melhores personagens da série e dos livros de Martin.

Agora a pergunta continua na cabeça de alguns fãs, Arya é Azor Ahai?

Game of Thrones vai ao ar domingo às 22h00 na HBO.

Confira também nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: