Crítica – O Poderoso Chefinho

A DreamWorks Animation trouxe aos cinemas a animação O Poderoso Chefinho, a referência com o Poderoso Chefão fica apenas no nome, e o filme é uma ótima opção para o público infantil. As crianças vão adorar, já os adultos que estão acostumados com a Pixar e outras animações da produtora vão estranhar um pouco.

No filme um bebê falante que usa terno e carrega uma maleta misteriosa une forças com seu irmão mais velho, que está com ciúmes de sua chegada, para impedir que um inescrupuloso CEO acabe com o amor no mundo. A missão é salvar os pais, impedir a catástrofe e provar que o mais intenso dos sentimentos é uma poderosa força.

As piadas são infantis, apenas em algumas referências elas funcionam para os adultos, mas não para as crianças. Você sorri e seu filho não, ou o contrario acontece. Mas isso não estraga o filme, já que é bem visível que a animação atinge seu público alvo e agrada em cheio as crianças.

O Poderoso Chefinho vale o ingresso, se você for assistir com uma criança de até 8 anos, mas o 3D pode ser deixado de lado.

Nota: classificacao-positiva


Confira nossas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/sitenaoseinada/

Instagram – @sitenaoseinada

Twitter – @sitenaoseinada

NãoSeiNadaCAST é o podcast do site Não Sei Nada que tem o intuito de trazer humor para os assuntos mais sérios do universo Nerd/Geek. Apresentado por amigos que adoram falar sobre esses assuntos sempre que estão juntos, de uma maneira descontraída e sem grandes pretensões, apenas para mostrar nosso amor e paixão pela cultura Pop e que podemos discutir com opiniões diferentes mas sempre se entendendo e rindo muito.

3 thoughts on “Crítica – O Poderoso Chefinho

  1. Na verdade não sou muito fã de ver filmes infantis, mas eu adorei O Que Será de Nozes 2, eu recomendo muito! A história é muito divertida e original, pelo mesmo, tanto crianças como adultos podem desfrutar dele. Se alguém ainda não viu, eu recomendo amplamente, vocês vão gostar com certeza. É um dos melhores e muito interessante, sinto que história é boa, mas o que realmente faz a diferença é a participação de Jackie Chan neste filme, já que pela grande experiência que eles têm no meio da atuação fazem com que os seus trabalhos sejam impecáveis e sempre conseguem transmitir todas as suas emoções. Me manteve tensa todo o momento, cuida todos os detalhes e como resultado é uma grande produção, vale muito à pena, é um dos melhores do seu gênero.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: